06 dezembro 2011

Vende-se Cadeiras ou Vendem-se Cadeiras?


Oi galera! Tudo bem com vocês?
Esse final de semana recebi um email que me deixou com varias duvidas. A questão é, o nome do blog 'Vende-se cadeiras' esta de acordo com as regras gramaticais?
Pois é, perguntei pra algumas pessoas que convivem comigo e eles disseram que sim.
Mas como sou uma pessoa bem persistente fui procurar no tio Google, no dicionario e cheguei a recorrer a uma blogueira professora de língua portuguesa pra tirar a duvida se realmente isso estava correto.
Descobri que ambas as construções são admissíveis, dependendo da maneira como a construção for analisada. Assim, se considerarmos o pronome “se” como marca de um sujeito indeterminado, não precisamos colocar o verbo no plural:

Vende-se cadeiras. = Alguém vende cadeira.

Se considerarmos que se trata de uma construção passiva, em que “cadeiras” é o sujeito, devemos colocar o verbo no plural:

Vendem-se cadeiras. = Cadeiras são vendidos.

Alguns linguistas defendem que esta última construção é a mais correta, por “soar” melhor quando invertidos os elementos da frase:

Vendem-se Cadeiras. = Cadeiras vendem-se.

A língua portuguesa é corpo vivo em constante evolução, há sempre uma margem entre o que se considera erro e o que se considera correto. E há de fato gramáticos que admitem as formas vende-se cadeiras ou vendem-se cadeiras como sendo ambas certas.
Ou seja o meu 'Vende-se Cadeiras'  é como se alguém, uma pessoa que não se sabe quem é vende cadeiras.
Não significa que sou eu ou você, alguém! Essa pessoa do qual não precisa receber nome, assim como o nome do blog não precisa fazer sentido.
Afinal não falo de cadeiras e muito menos vendo essas belezuras que sentamos quando vamos a uma biblioteca, salão de beleza, cinema... E do qual não vivemos sem.
Vai dizer que quando suas pernas estão cansadas você prefere ficar em pé? Posso afirmar que a maioria das pessoas não.
Falo sobre cinema, literatura, moda e de coisas que realmente me interessam e muita vezes interessam a milhares de pessoas. O que me deixa muito feliz, afinal posso compartilhar opiniões e conhecer novas pessoas com os mesmos interesses.
Mas talvez você pense "Mas isso de 'Vende-se Cadeiras' não falta concordância?"
Pois é colega, como disse existem gramáticos que defendem o 'Vendem-se' como o correto, mas tem outros que defende o outro lado da moeda.
E como todos nos sabemos, a gramatica é uma caixinha de surpresas.
Talvez o que achamos certo, pode não estar tão certo assim. E as vezes nem mesmo os grandalhões tem uma resposta correta.
Procurando na internet achei varias discussões sobre esse assunto, alguns acham sem concordância outros acham que estão certo.
Se você ainda assim continua incomodado com o nome do blog peço que vá procurar o professor Pasquale Cipro Neto, pois somente ele se incomoda com esse tipo de coisa.
"O Vende-se cadeiras é um blog literário?" Também, não gosto de rotular as coisas. Afinal aqui é falado de tudo.

Viram? O Vende-se  Cadeiras também é cultura, mas antes de mais nada gostaria de agradecer a Zilda Mara do blog Cachola Literária, que disse que apesar de tudo não é pra mudar o nome do blog kkkk. 
Ela foi super linda tirando minhas duvidas. Sim ela é a tal professora de português que falei no começo do post *--*

Pin It Now!
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Simplesmente,amei!!!
    É isso mesmo,Mirela!!
    Manda esse povo procurar o Pasquale,quem sabe eles não se contentaram com a explicação dele.O que realmente importa é o ótimo conteúdo que podemos encontrar no blog.Independentemente,se ele vende ou não cadeiras!kkkk....
    Amei o post,Mirela! Perfeito,coerente,explicativo e objetivo!
    Bjs!!!
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  2. kkkkk, você é uma fofa mesmo né?
    O fato de eu mandar procurar o Pasquale foi algo só pra descontrair, kkk. Por favor não vão levar pro lado pessoal!
    Obrigada pelos elogios *--*
    Éh, eu não vendo cadeiras. Hunf' hehehe.
    Que bom que gostou do post! o/

    Beijinhos,
    Volte Sempre querida.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Mirella,
    Seu blog é maravilhoso!
    Bjs,
    Dri

    ResponderExcluir
  4. Ai Mi, tem gente que se incomoda com tudo, aliás tem gente que vive cuidando do que não é seu...então, simplesmente ignora isso e segue em frente.
    O Nome de um blog não tem que estar de acordo com a gramática, ele é único, é seu, é pessoal, então, não tem nada que estar assim ou assado. Se te agradar é o que importa...pois o espaço e pra vc e não pros outros...além disso, estamos procurando bons conteúdos e não é um nome aparentemente "sem concordância" que vai tirar a minha vontade de visitar um blog e curtir o que está sendo compartilhando nele...
    Eita povo que gosta de encrencar heim!
    O blog é lindo... beijos querida.

    ResponderExcluir

Agora chegou a sua vez de falar!
Já que puxou a cadeira, não adianta mais sair correndo.
Pode dizer o que achou do blog, do post, sugerir algo novo, escrever uma música ou simplesmente dizer o quanto a sua cadeira esta desconfortável!
Promete que vai comentar qualquer coisa? Só não vale xingar, porque se não você vai me deixar muito chateada! ):

Alias, se você já comentou... Obrigada e volte sempre, tá?
E pra você que ainda não comentou, tudo bem eu espero você criar coragem!

[ Lembrando que o seu comentario só será pulicado depois da minha aprovação, ok? Eu só preciso ler o que você escreveu e talvez isso leve alguns minutos. Mas todo mundo no final é respondido! ]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...